TIA NEIVA

TEU PADRÃO VIBRATÓRIO É A TUA SENTENÇA

O CENTURIÃO

Todos os direitos autorais e edições impressas doadas à Doutrina do Amanhecer.

ADJUNTO ANAVO

MESTRE KAZAGRANDE

PÉROLAS DE PAI JOÃO

Todos os direitos autorais e edições impressas doadas à Doutrina do Amanhecer.

MINHA MISSÃO É MEU SACERDÓCIO

EXÍLIO DO JAGUAR - KAZAGRANDE.

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Mensagem do Ministro Anavo – Abril 2014


Filhos queridos do meu coração!

Que a Paz e o equilíbrio estejam plenos em vosso ser.

Meus filhos, o amor de vosso amado Pai Seta Branca é imenso. Tão grande que como vossa dedicação pela missão que vos é confiada. Cada espírito vibrante com esta jornada torna-se um ponto de luz na coroa que adorna o grande Oráculo de Simiromba.

É a dedicação amorosa de cada um que faz a missão do Jaguar ser reconhecida nos Planos Espirituais. Vossa conduta doutrinária, que passo a passo vai sendo agregada a vossa conduta moral, propicia a verdadeira evolução.

O equilíbrio de vossa mente, aliado à pureza do coração, permite que a Luz se faça presente em vossas palavras.

Cada Jaguar encarnado e cada espírito que se une a esta missão, transmuta seus sentimentos diversos no amor ao Cristo Redivivo e sua mensagem de Amor, Humildade e Tolerância.

Para o verdadeiro espírito de Jaguar não há mais tempo para brincar. A missão é assumida com o equilíbrio cobrado por serem físicos. A vida familiar, a vida material e a missão espiritual, são os pratos da balança desta última encarnação terrestre.

Jamais desperdicem o tempo neste plano físico, é o quê humildemente vos peço! Executem vossa missão, amem incondicionalmente a família que vos é confiada e usem o suor do rosto no trabalho para trazer o merecido conforto material.

As palavras possuem um imenso poder! Podem atrair vossas desditas ou semear vossa própria felicidade. Pensem antes de falar e escolham sempre no que pensar.

Não cansarei de recordar: não desperdicem vosso tempo, não desperdicem vossas palavras.

Sois Mestres e Ninfas o tempo todo e a Espiritualidade, vossos Mentores, estão sempre aproveitando cada momento de vossas jornadas para trazer irmãozinhos necessitando da Força-luz do Jaguar.

Da mesma maneira alerto que espíritos que ainda vivem nas sombras da incompreensão permanecem na espreita de um momento propício, de uma palavra proferida com ódio, com dor no coração, para aproveitarem vossa energia negativamente.

Para o Jaguar consciente tudo tem valor. O valor pelo aproveitamento de seu tempo e sua energia em prol de um irmãozinho, a qualquer hora do dia; é tão grande quanto o valor da energia desperdiçada e mal utilizada... Tudo tem seu preço.

Orai e vigiai, preparai o caminho do Senhor... Assim foi um dia com sabedoria grafado nas mensagens do Evangelho, e isso é tudo que vos posso pedir.

Recordai as palavras de vosso amantíssimo Pai Seta Branca: sejam mansos como uma pomba, mas não abandonem a sagacidade da serpente. Amem ao anjo e ao demônio com a mesma intensidade, incondicionalmente, mas sempre sabendo distinguir as duas forças.

Que nos encontremos em PAZ no Grande Oriente do Oxalá.


Ministro Anavo – Abril/2014

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Voltando para o Vale


Carta dirigida a uma irmã que, após ter deixado o Desenvolvimento há anos, retorna ao  Vale do Amanhecer.

Seja bem vinda ao reencontro com sua missão! Você passou um longo período de necessária preparação para seu regresso e, agora, está pronta para retomar sua jornada com o clamor de seu espírito em busca de recuperar o tempo.

Não o tempo perdido, pois tudo tem seu porque, sua explicação, que sempre chega no momento certo. Mas o tempo em que, depois de receber a semente, chega para germinar e transformar-se na grande árvore de sua vida!

Terá que crescer, suportar os espinhos das flores entregues por seus próprios irmãos, mas chegará o tempo de colher os frutos e estes poderão ser doces e alimentar seu espírito no dia de seu regresso ao lar espiritual.

Não tenha medo! Não se melindre pelos questionamentos. Apenas busque cumprir a missão que lhe é confiada: curar o espírito e os espíritos! Praticar a verdadeira caridade, dada aos desconhecidos que jamais terão como agradecer.

Não vai ganhar na loteria, encontrar a alma gêmea ou fazer de sua vida um mar de rosas, apenas por ter entrado para a Doutrina. Mas ao conviver com a dor alheia, por vezes mais intensa que a nossa, passará a ser mais tolerante mais afável. Terá um brilho no olhar que poderá atrair as coisas e pessoas boas para sua vida. Para isso entenda a essência de nossa Doutrina, da Doutrina do Divino Mestre Jesus: Amor, humildade e tolerância!

Muitos levam a vida toda para entender estas três palavras, e seguem sofrendo mesmo dentro de uma Doutrina Crística. Envolvem-se em fofocas e conversas improdutivas dentro do Templo, ou mergulham no fanatismo das visões, previsões dos falsos videntes, presentes apenas para nos testar a fé.

Outros, agradecidos pelo convívio com nossos Mentores, entendem a essência e despertam o brilho no olhar, proveniente da felicidade em poder servir ao próximo.

Jamais julgue, pois cada um tem seu tempo para despertar e o mais importante e entender que estão a caminho como você... com você!

Um fraterno abraço,

Kazagrande

terça-feira, 22 de abril de 2014

Importância dos Trabalhos Evangélicos


Tudo um dia começou nos Tronos... Você passou por um Preto Velho e foi informado que era médium, que precisava desenvolver sua mediunidade. Iniciou suas aulas, foi emplacado e começou a trabalhar, na Mesa, nos Tronos, na Cura e Linha de Passes.

Este período, em que estamos de “branquinho”, normalmente é um dos momentos mais felizes de nossas vidas. Estamos empolgados, fascinados com tudo que aprendemos e tão rapidamente colocamos em prática. Nossos Mentores vibram intensamente pela conquista que é deles também!

Os Trabalhos Evangélicos são a base de nossa jornada e jamais devem esquecidos! Com o passar do tempo, ao receber nossas Consagrações, por vezes passamos a nos dedicar muito aos Trabalhos Iniciáticos, porém a Lei do Auxílio é fundamental! A prática da verdadeira caridade, prestada ao absoluto desconhecido, que não tem nenhuma forma de lhe agradecer, é que registra nossa evolução e nosso merecimento.

O glamour das Indumentárias e a energia despertada em uma Emissão em sintonia trazem para o físico o “Céu na Terra”, mas a humildade do trabalho na Lei do Auxílio, nos Tronos, na Mesa, na Cura e Linha de Passes, é que burilam nosso espírito e nossa personalidade.

São nestes trabalhos que temos contato com as dores de nossos semelhantes. Nestes setores é que podemos constatar o quanto somos abençoados por estarmos em uma Doutrina Crística, acolhidos por tantos Mentores de Luz que humildemente se prestam à caridade e que contam com nós, tão imperfeitos mortais.

Nossos Trabalhos Iniciáticos são maravilhosos, porém são a conquista de um povo que tenha crescido em amor, e sabedoria, em caridade e responsabilidade, merecendo assim a confiança de manter com muito amor todos os Trabalhos Evangélicos, para que possam usufruir dos Iniciáticos.

Implantar a Corrente Mestre é uma grande responsabilidade! Se houve a conquista... Salve Deus! Está tudo certo.

Perder a Corrente Mestre é uma grande dor... Mas é muito melhor resignar-se à realidade do que persistir no que ainda não foi efetivamente conquistado!

“Meu filho, na simplicidade dos Tronos, havendo merecimento e sintonia, qualquer cura pode ser realizada”. Pai João de Enoque – Outubro de 2013


Kazagrande

segunda-feira, 21 de abril de 2014

Teresópolis - 12 de Abril


Salve Deus!

No último dia 12 de abril, sábado, um momento histórico para nossa Doutrina concretizou-se no Templo de Tarajo do Amanhecer, de Teresópolis-GO.

Uma grande unificação entre vários médiuns de origem Aluxã proporcionou um evento cuja magnitude só pode ser avaliada espiritualmente. O comando da Estrela Candente, entregue aos templos do Estado de São Paulo, foi assumido pelo Trino Ajarã, e mais de 1.000 Mestres e Ninfas, das mais diversas origens e regiões, uniram-se na realização de 13 Consagrações de Estrela Candente. Foram 3 consagrações na primeira, 3 consagrações na segunda e 4 consagrações na terceira; além de 3 outras estrelas especiais, realizadas a noite!

Neste dia tão especial a herança de nossa Mãe Clarividente se fez presente e a força-luz do Jaguar resplandeceu na alegria estampada nos rostos presentes.

Nunca escrevo sobre estes eventos, mas tive a oportunidade de estar presente e não sai de minha mente esta realização. Por tanto, peço licença a vocês para registrar meus agradecimentos e congratulações:

Mestre Shesman Pats: Poucos sabem, mas você foi o instrumento para iniciar toda esta movimentação. Sua empolgação na reunião de dezembro passado contagiou aos Adjuntos de origem Aluxã de São Paulo e a idéia tomou corpo com a convicção do...

Mestre André Luiz, Adjunto Ajuvano: Sim! Este Adjunto, que assumiu a coordenação dos Templos de São Paulo no lugar do Adjunto Aluxã, deu continuidade ao trabalho de unificação e evangelização de nosso saudoso Mário Kioshi. Assim, pode lograr que tantos se deslocassem para Teresópolis, inclusive o próprio...

Trino Ajarã! Sua presença incentivou a tantos, de tantos outros lugares: De Minas Gerais, do Espírito Santo, do Tocantins, de Goiás... Sua força, no alto de seus setenta anos, comandando pessoalmente a Estrela, marcou uma vez mais a herança que lhe foi confiada.

Não poderia encerrar os agradecimentos sem registrar minha especial emoção em poder estar ao lado, nas consagrações, da Ninfa de meu amado Adjunto: Maria Helena Nagashima. Obrigado mamãe!

Parabéns também ao Adjunto Tarajo, Mestre Jurandir, pela belíssima recepção e pela organização impecável!

Nesta ocasião, ao final, já na madrugada, o Mestre Vicente Carvalho, Presidente do Templo do 6º Anillo de Santa Cruz, Bolívia, recebeu a consagração de 7º Raio Adjuração Arcanos Rama 2000.


Kazagrande

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Por quê Páscoa ?


Páscoa é uma palavra hebraica que significa "libertação". Com o êxodo, a Páscoa hebraica será a lembrança perpétua da libertação do povo hebreu da escravidão do Egito, através de Moisés. Assumida pelos cristãos, a Páscoa Cristã será a lembrança permanente de que Deus libera seu povo de seus "pecados" (erros), através de Jesus Cristo, novo cordeiro pascal. 

O ritual da Páscoa mantém viva a memória da libertação, ao longo de todas as gerações. "Cristo é a nossa Páscoa (libertação), pois Ele é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo" - (João, 1:29).

João usou o termo Cordeiro, porque usava-se na época de Moisés, sacrificar um cordeiro para agradar á Deus. Portanto, dá-se a idéia de que, Deus sacrificou Jesus para nos libertar dos pecados. Mas para nos libertarmos dos "pecados", ou seja, dos erros, devemos estar dispostos a contribuir, utilizando os ensinamentos do Divino como nosso guia. Porque Jesus não morreu para nos salvar; Jesus viveu para nos mostrar o caminho da salvação.




Esta palavra "salvação", vale por "reparação", "restauração", "reequilíbrio".

Portanto, "salvação" não é ganhar o reino dos céus; não é o encontro com o paraíso após a morte; salvação é "libertação" de compromisso; é regularização de débitos. E, fora da prática do amor (caridade) de uns pelos outros, não seremos salvos das complicações criados por nós mesmos, através de brigas, violência, exploração, desequilíbrios, frustrações e muitos outros problemas que fazem a nossa infelicidade.

Portanto, aproveitemos mais esta data, para revermos os pedidos do Divino Mestre, para "renovarmos" nossas atitudes, com exemplos de Jesus, o grande esquecido por muitos de nós, que se agitam na presente sociedade tecnológica, na atual civilização dita e havida como cristã.

Que este homem novo seja um soldado da Paz neste mundo em guerras. Um lavrador do Bem neste planeta de indiferença e insensibilidade. Um paladino da Justiça neste orbe de injustiças sociais e de tiranias econômicas e políticas. Um defensor da Verdade num plano onde imperam a mentira e o preconceito tantas e tantas vezes em conluios sinistros com as superstições, as crendices e o fanatismo irracional.

Por isso, nós médiuns conscientes, podemos dizer que, comemoramos a páscoa todos os dias. A busca desta "libertação" e/ou "renovação" é diária, e não somente no dia e mês pré-determinado. Queremos nos livrar deste homem velho. Que ainda dá maior importância para o coelhinho, o chocolate, o bacalhau, etc., do que renovar-se.

Aspectos históricos dos ovos de páscoa

Na antigüidade os egípcios e persas costumavam tingir ovos com cores da primavera e presentear os amigos. Para os povos antigos o ovo simbolizava o nascimento. Por isso, os persas acreditavam que a Terra nascera de um ovo gigante.

Os cristãos primitivos do oriente foram os primeiros a dar ovos coloridos na Páscoa simbolizando a ressurreição, o nascimento para uma nova vida. Nos países da Europa costumava-se escrever mensagens e datas nos ovos e doá-los aos amigos. Em outros, como na Alemanha, o costume era presentear as crianças. Na Armênia decoravam ovos ocos com figuras de Jesus, Nossa Senhora e outras figuras religiosas.

Os ovos não eram comestíveis, como se conhece hoje. Era mais um presente original simbolizando a ressurreição como início de uma vida nova. A própria natureza, nestes países, renascia florida e verdejante após um rigoroso inverno.

Em alguns lugares as crianças montam seus próprios ninhos e acreditam que o coelhinho da Páscoa coloca seus ovinhos. Em outros, as crianças procuram os ovinhos escondidos pela casa, como acontece nos Estados Unidos.

De qualquer forma o ovo em si simboliza a vida imanente, oculta, misteriosa que está por desabrochar.

O chocolate

Essa história tem seu início com as civilizações dos Maias e Astecas, que consideravam o chocolate como algo sagrado, tal qual o ouro. Os astecas usavam-no como moeda.

Na Europa aparece a partir do século XVI, tornando-se popular rapidamente. Era uma mistura de sementes de cacau torradas e trituradas, depois juntada com água, mel e farinha. O chocolate, na história, foi consumido como bebida. Era considerado como alimento afrodisíaco e dava vigor. Por isso, era reservado, em muitos lugares, aos governantes e soldados. Os bombons e ovos, como conhecemos, surgem no século XX.

Kazagrande

sexta-feira, 4 de abril de 2014

TEXTO NOVO - Eu sou meu inimigo?


No dia a dia, inconscientemente, somos programados para pensar negativamente. Novelas, noticiários, egoísmos e vaidades impregnados em nossa sociedade e nos meios de comunicação, nos induzem a sempre manter uma tendência negativa ao pensar.

Considerando que somos fruto do que pensamos, que nossa realidade é primeiramente projetada por nossa mente, acabamos “negativando” nossa vida pelos medos, e revoltas.

Para ser feliz, para construir um futuro mais confortável, independente de nossos reajustes, é preciso primeiramente mudar nossos pensamentos e deixarmos de ser nosso maior inimigo!

Inimigo sim! Pois ao cultivarmos a negatividade, o pessimismo, os medos e outros sentimentos que nada nos trazem de bom, trazemos para nossa realidade o sofrimento destas emoções!

Entendendo que nossas emoções são fruto do que pensamos, ou seja, nos sentimos bem ou mal, de acordo com o que estamos pensando.

Então... Por que escolher sentir-se mal? Por que focar nossos pensamentos em coisas que não  nos fazem bem? Por que se lembrar de pessoas que cujas recordações já  nos embrulham o estômago?

Olhando assim, até parece burrice! Porém, somos condicionados a isto! Da mesma maneira que os meios de comunicação nos permitem ver com mais clareza tudo que precisa ser mudado em nossas vidas, também nos inunda de informações inúteis que conduzem nossos pensamentos por emoções que não nos fazem bem.

Precisamos despertar a consciência de que somos nós que provocamos nossas emoções, e que estas emoções nos deixam felizes ou tristes; confiantes ou depressivos; e assim por diante!

Temos que nos libertar de tudo que nos faz mal, e este “tudo” inclui nossos pensamentos! Aliás, principalmente nossos pensamentos, que são a força geradora de nossa realidade física.

Passemos a prestar a atenção no que pensamos e poderemos nos tornar mais felizes, atraindo pessoas melhores para nossas vidas, oportunidades melhores, uma vida melhor!

Reparemos que nossa Doutrina não promete nada! Ao entrar para a Doutrina você não vai ganhar na loteria para resolver seus problemas financeiros e muito menos encontrar sua alma gêmea.

Ao entrar para a Doutrina passamos a nos conscientizar do mundo espiritual que nos cerca e da grande necessidade de praticar a caridade em prol daqueles que desesperados nos buscam, nos são encaminhados, confiados ou que simplesmente cruzam nossos caminhos.

Desta maneira, observando os dramas alheios pelos olhos da caridade, convivendo com nossos Mentores de Luz, ouvindo ou sendo portadores de tantas mensagens que visam despertar a esperança dos que nos buscam; passamos a ser mais tolerantes! Sim, mais compreensivos com as pessoas. Nossos próprios problemas parecem ficar menores ao vermos os problemas dos irmãos.

Tudo isso, faz com que você se torne mais “afável”, mais agradável... Traduzindo: Você passa a ficar mais tempo com seu padrão elevado e com pensamentos positivos – prestar a caridade é a melhor maneira de desligar-se da negatividade do mundo.

Naturalmente... Passará a atrair pessoas melhores para sua vida, oportunidades melhores... E a mudança virá naturalmente de dentro para fora! Por isso a Doutrina não lhe impõe nada e não promete nada: tudo depende de você compreender sua essência e mudar seus pensamentos, seu padrão, sua própria vida!

Kazagrande