quarta-feira, 7 de junho de 2017

ELE NÃO ENTENDE A MISSÃO


Nossa Doutrina é incomparável! A capacidade de encaminhamento de espíritos e a realização de manipulações iniciáticas de grande porte, como a Estrela Candente, Estrela Sublimação e Leito Magnético, dão um caráter único à missão espiritual realizada em nosso planeta. Nas Contagens, mesmo as realizadas em templos pequenos, a força Luz liberta centenas, e até milhares, de espíritos acrisolados no etérico, em suas invocações. Tudo isso sem contar o “trabalho de formiguinha” dos tronos e a atenção aos recém desencarnados das Mesas Evangélicas.

Somos respeitados nos Planos Espirituais por nossa colaboração junto à Luz! Tia Neiva comentava que somos uma “Doutrina fidalga”, em alusão ao grande respeito dos Mentores por nosso trabalho!

Somos diferentes de todos outros grandes grupos espirituais igualmente imbuídos nesta senda de esclarecer, encaminhar e iluminar.

Porém... Somos iguais no âmbito do material humano! Em todas as doutrinas, religiões, seitas ou mesmo qualquer outro agrupamento humano, existem aqueles que não compreendem, ou mesmo se adequam, ao escopo central que promoveu esta união. Assim como uma lâmpada nos traz luz, beneficiando nossa comodidade, atrai insetos em detrimento desta mesma comodidade.

As personalidades, ainda em construção, por vezes acabam se sobrepondo às características da individualidade espiritual do ser que o conduziu à busca de crença, ou lugar, onde possa cumprir a missão assumida espiritualmente, ainda antes da encarnação.

Conviver com pessoas que fogem por completo dos princípios doutrinários é muito difícil, talvez por isso um de nossos três pilares Crísticos seja justamente a tolerância.

É preciso compreender, mesmo que nunca pensemos em concordar! É preciso tolerar e seguir adiante por nossos Mentores. Estamos na Doutrina por eles, pela missão, e não pelos homens que participam. Encontraremos nossos melhores amigos e amores, mas também nossos mais incômodos cobradores. Entender o outro não é fechar os olhos para suas falhas, mas procurar “seus sapatos”, para, usando sua ótica, entender um pouco de suas atitudes. Mas repito: Compreender não implicará em concordar.

Temos muitos trabalhos coletivos, mas todos podem ser cumpridos em sua individualidade. Muitos trabalhos são perdidos pela falta de carisma (para não dizer amor) nos comandos, muitos também se perdem pelos “faladores” que levam seus pensamentos dispersos para falar em momentos inapropriados. Mas, mesmo assim, com comandos chatos, ou com um chato falador ao seu lado, podemos fazer nossa parte, depositar nossa energia nas mãos de nossos Mentores com a certeza de que, mesmo que o trabalho se perca, a sua energia será aproveitada para a finalidade maior: servir à Luz!

Assim, meus irmãos e irmãs, perdoem as palavras mais rebuscadas de hoje, não é meu estilo, mas este texto deverá alcançar aqueles que refletem com muita dureza a respeito da conduta dos irmãos. Condenar é fácil, compreender alguns fatos é quase impossível. Mesmo assim, se fizermos nossa parte, cumpriremos a missão! E com ferramentas não encontradas em nenhum outro lugar.

Kazagrande

1 comentários:

Salve Deus Mestre Kazagrande! Esse texto demonstra todos os percalços que sofremos em nossa doutrina, pelo fato de ser composta por"HUMANOS", que muitas vezes não compreendem por que estão aqui...

Sem mais comentários,
Meus respeitos,
Grata sempre!

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.