Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2015

Perdão e Razão

É muito bonito fazer discursos piedosos falando de perdão. Usar palavras bem colocadas que buscam manipular sentimentos em favor de determinados objetivos. Realmente: o perdão é sublime! Não julgar é uma regra máxima dos espíritos impulsionados por ideais cristãos. Afinal de contas... Todos nós erramos, não é mesmo?!
Salve Deus!
Independente de todo Amor que provém da Espiritualidade Maior, que nossos Mentores incessantemente trazem para aliviar as dores de nossos pacientes, e do qual somos testemunhas em todos nossos trabalhos... A Espiritualidade é Razão!
A Razão é que proporciona a necessidade dos reajustes, independente do perdão! A Lei do Karma, da causa e efeito, prevê que toda energia desequilibrada pela negatividade deverá ser neutralizada por ações positivas, independente da parte atingida já ter perdoado.
A Lei da Razão que determinada que as ações provocam reações! Que independente dos discursos piedosos em favor do perdão, as consequências de nossos atos sempre chegam.
É verda…

Por que não me avisaram?

Salve Deus!
Este período de recuperação está revelando muitas lições escondidas e necessárias compreensões para ajustes na vida até o momento levada.
Sim, meus irmãos e irmãs! É preciso sempre procurar os porquês, e buscar entender a lição contida em cada momento difícil atravessado.
Sei que muitos, ao passar pelas provações, erguem seus olhos ao céu e perguntam: “mas por quê?”. Alguns se revoltam, outros chegam ao cúmulo de colocar a culpa na Doutrina, ou querer confrontar os Mentores com: “Mas porque não fui avisado?”.
Aí eu pergunto: Estas atitudes de revolta, questionamento, falta de fé... Resolvem alguma coisa? Ou somente baixam ainda mais seu já combalido padrão vibracional e acabam por atrair mais tristeza para sua vida?
Todos sabem... Semana passada sofri dois, não um, mas dois enfartes! Quem me olha uma semana depois acha que foi uma coisinha simples. Mas na verdade foi bastante grave, não quero entrar em detalhes. Estive pertinho de “fazer as malas”. A maior dor física que já sen…

A Adúltera

Salve Deus!
O dia começava a clarear na Terra e a Clarividente apressava sua volta ao corpo, após longo tempo de permanência nos planos invisíveis. Fizera mil coisas, estivera em muitos lugares e recebera valiosas lições. Em seu coração e sua mente pulsavam as inúmeras preocupações relacionadas com sua missão na Terra. No momento pensava no retorno ao corpo que dormia a tempo de retornar as tarefas do dia a dia.
Habituada as caminhadas fora do corpo, mal percebia as fantásticas nuanças de tempo e espaço; às vezes andava, outras levitava e se transportava em frações de segundo. Tempo e espaço. Entidades de luz, espíritos sofredores, tantos enredos; às vezes sentindo-se tão grande e às vezes pequena...
Pensou que estava na Terra, mas estranhou o ambiente. As árvores eram simétricas, as ruas e casas pareciam feitas de plástico e o ambiente variado. Pessoas se movimentavam, mas tudo parecia irreal, nas cores, na iluminação e nos movimentos. Percebeu então que não era notada e sentiu certo al…

UM PEQUENO ADJUNTO FELIZ – 20-07-2015

Salve Deus! Meus irmãos e minhas irmãs,
Hoje após a consulta médica deverei estar retornando às atividades virtuais normais.
Antecipadamente venho agradecer e informar que está tudo bem!!!
À tarde começarei a registrar os agradecimentos e posicionamentos. Pela quantidade de vibrações e orações que recebi deveria era ter saído flutuando do hospital... rsrsrs
Como não poderia deixar de ser... Uma experiência destas provoca muitas mudanças e desde já muitas coisas novas irão se apresentar! Aqui no Face, no Exílio e em mesmo em minha vida, aonde incessantes descobertas sempre me conduzem a compreender melhor a natureza humana.
Mesmo as mais duras (e dolorosas) experiências são válidas e me fazem feliz depois, porque mais uma vez posso dizer que falo sempre do que VIVI e não do que OUVI.
Um fraterno abraço e até à tarde!

Kazagrande

FELICIDADE

Meus irmãos e minhas irmãs, Salve Deus!
É chegado o momento de semearmos a felicidade em nossas vidas. Somente como exemplos da vida cristã, felizes com a missão que assumimos, é que poderemos sermos perfeitos instrumentos para aliviar a dor dos que nos cercam, dos que nos são confiados, dos que nos são enviados e dos que confiam e nós.
É a hora de entender a necessidade do equilíbrio da triplicidade de nosso ser, e pararmos de gerar conflitos pelo extremismo em um único prato da balança da vida.
Precisamos aprender a nos disciplinar, a coordenar e aproveitar melhor o nosso tempo. Saber dividir seu tempo de maneira justa, entendendo as necessidades que implicam a triplicidade de nossa existência, é um dos primeiros passos.
Vamos dar atenção a nossa família! Aos nossos amigos, aos relacionamentos que na maioria das vezes foram programados por nosso próprio espírito. Reservar um tempo, com qualidade, para dar atenção a estes seres que fazem parte de nossas vidas e que nos amam!
Vamos dar aten…

A Comunicação no Angical

O Angical é um trabalho da mais alta importância para o corpo mediúnico. Seria bom que pudéssemos participar de todos os Angicais do ano. Particularmente, quando perdia um Angical, por motivo de total força maior, ficava muito chateado.
O Angical é uma oportunidade única de conversar abertamente com uma vítima do passado. Uma das maiores provas que um Doutrinador ou um Dpará pode passar.
Inicialmente o Angical era restrito aos reajustes de nossa encarnação coletiva dentro da “Era dos 8”... Mas como o avinhamento do trabalho, e o crescente aumento de médiuns, muitos sem nenhuma ligação com esta passagem, espíritos de outras encarnações passaram a ter a oportunidade de encontrarem-se com seus devedores... conosco!
Passei dias procurando o quê escrever sobre este trabalho sem cair na mesmice das descrições de funcionamento, do ritual e da parte técnica, hoje, porém encontrei o que realmente nos falta.
Como comunicar-se com nossos cobradores!
Primeiramente o Preto Velho ou Preta Velha vai inco…

Ainda mais Trabalho!

Meus irmãos e minhas irmãs, Salve Deus!
As dificuldades desta faixa kármica, que está sendo atravessada coletivamente,  já apresentam seu lado positivo também: Sim! Na maioria dos Templos do Amanhecer, e mesmo no Templo Mãe, a movimentação para participação nos trabalhos foi intensa.
Em tantos anos de doutrina poucas vezes recordo uma unificação tão intensa de jaguares com um objetivo comum nos trabalhos: Trabalhar em prol da Doutrina!
Vamos agradecer ao Pai esta oportunidade, mesmo que tenha vindo de maneira tão dura, trouxe de volta um pensamento comum, que já estava sendo esquecido.
Milhares de espíritos foram elevados ontem! Correntes e forças negativas foram neutralizadas. O Jaguar superou o choque e a tristeza e transformou em trabalho espiritual!
Mas ainda falta!
Temos hoje, domingo, a mesma oportunidade de controlarmos a língua e trabalharmos ainda mais.
Temos a segunda-feira de Angical.
Temos uma longa semana de provocações e provações na manipulação das energias da Queda da Bastilh…

A HORA DO TRABALHO

Meus irmãos e irmãs, Salve Deus!
Chegou o momento de pedir pela Doutrina do Amanhecer!
Ainda não compete comentar fatos, pois inevitavelmente em algum momento todos saberão meu posicionamento. Porém é imprescindível nesta hora buscar o esclarecimento da Espiritualidade.
Como sempre afirmei, somente quando elevamos nosso padrão vibracional é que se torna possível ouvir a Voz do Espírito e sentir a presença de nossos Mentores.
Hoje, pela manhã, chorei ao fazer minhas orações e pedi uma resposta, um sinal... E quase de imediato tudo pareceu mais claro!
Por este entendimento é que venho humildemente rogar que todos se unifiquem em favor da Doutrina do Amanhecer. Não em favor de A ou B. Independente de nossas convicções pessoais, de nossas escolhas, apenas unamos nossas vibrações em favor da Doutrina!
Para tanto, para ouvir a Voz de nosso Espírito, e sentir a presença de nossos Mentores, é preciso trabalhar espiritualmente. Vamos neste fim de semana nos dedicar apenas aos trabalhos! Estrelas Cand…

A Bastilha

Aproxima-se o 14 de julho, data em que “comemora-se” a “Queda da Bastilha”. Tia nos relatava que tivemos uma forte participação em mais este momento decisivo da humanidade.
Realmente foi um marco indelével! Considerado o principal evento da Revolução Francesa de 1789, portanto há 226 anos atrás. Os nobres da corte real e o clero, intocáveis até então, viveram a partir daí, um longo e terrível pesadelo, pagando regiamente, até mesmo com suas vidas, suas centenas de privilégios e riquezas acumuladas nos séculos anteriores.
Os ideais de "Liberté, Egalité, Fraternité” (Liberdade, Igualdade e Fraternidade), tomaram as ruas e levaram a população servil, e quase que escravizada pelo regime feudal, a modificar, profunda e definitivamente, os conceitos da época, que aparentava não permitir a chegada de um raio de luz sequer para o futuro.
Muitos de nós, hoje encarnados como Missionários de Seta Branca, estivemos presentes... Dos dois lados! Como líderes de uma revolução, que embora munida d…