Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2013

MENSAGEM DE UM AMIGO RECÉM-DESENCARNADO

“Eu estava distraída quando percebi a chegada de um amigo, de uma pessoa que passou aqui pelo Vale e que teve apenas dois ou três contatos comigo.
- Ó, Tia, que bom lhe ver! Depois de tanto tempo, Tia, só agora me é possível  ouvi-la. Passei muitos dias sentindo a sua presença, o seu amor,  porém sem vê-la. Por quê, Tia?
- Porque você está em um plano e eu estou em outro!
- Mas o seu plano não é Universal, Tia? A senhora não é clarividente? Os clarividentes não penetram até a terceira dimensão?
- Sim, meu filho - falei - a minha “transvisão” ultrapassa realmente as barreiras, mesmo as ditas intransponíveis...
- Tia querida, está me ouvindo, e isto é tudo! Como é bom lhe ver e lhe ouvir. A senhora sabe de tudo que aconteceu comigo!...
- Não, meu filho, muitas vezes participo de tudo, vou ao socorro dos enfermos e, quando volto ao corpo, não desperto, a não ser em casos que exigem seguidamente minha presença. O que aconteceu com você é um caso demasiadamente comum e, graças a Deus, não houve …

Espiritualidade sempre presente

O INÍCIO DE UMA NOVA JORNADA
Meus irmãos e minhas irmãs, Salve Deus!
Não podemos duvidar nunca da presença de nossos Mentores em nossas vidas e em todas nossas realizações.
Após mais de 15.000 km pelas estradas brasileiras, em dezembro e janeiro, retornei à Bolívia com o compromisso de iniciar uma nova casa do Pai. Cheguei no domingo dia 03 de fevereiro e na semana seguinte parti para cidade de Cochabamba, há 450 km de distância, para o primeiro encontro com alguns médiuns que ali residem. Realizamos nossa primeira reunião e, perante a carência daqueles que ali se encontravam, entendi que o Templo deveria ser aberto imediatamente. Comprometi-me, mesmo diante da incredulidade daqueles que há muito esperavam esta oportunidade, que na próxima semana retornaria já para determinarmos o lugar do Templo.
Durante a semana, todos, a sua maneira, procuraram alguma opção, mas nenhuma possibilidade real foi encontrada.
No sábado voltei a Cochabamba determinado a cumprir a promessa. Cheguei bem cedo e …

VELÓRIO e SEPULTAMENTO

Como tudo em nossa Doutrina, é necessário preservar o bom sendo. Não enterramos um médium usando suas armas ou suas Indumentárias. O vestuário do Mestre finado pode ser calça marrom e camisa preta ou calça preta e jaleco branco (preferencialmente o branquinho), com a fita. O corpo da Ninfa deve ser vestido com vestido branco e sua fita. Nunca deverá ser usada uma indumentária de Ninfa ou de Falange. Tão pouco o Mestre deve ser enterrado de capa. O colete pode ser dobrado e colocado ao lado do corpo; jamais vestido.
O velório de um médium da Doutrina do Amanhecer deve ser simples, porém os familiares, amigos e irmãos, que façam parte da Doutrina, devem ter a consciência de se trata também de um trabalho espiritual e estaremos auxiliando àquele espírito em seu momento de regresso ao lar espiritual. Cada um que se fizer presente no velório deve emanar o melhor de suas forças para ajudar a elevação daquele espírito que ali ainda está presente. Uma concentração de forças, emissão de energia…

Ser Nityama

Encontrei este poema da Ninfa Tila Carolina Bezerra Goes, Regente Nityama do Templo Gamúrio, e não poderia deixar de postá-lo.
Passamos por vários processos de individualização Temos que ter pose mesmo meninas Precisamos Ter responsabilidades Respeito entre outras coisas Somos importantes Crescemos e mesmo assim Continuamos a Ter cada vez mais responsabilidades Temos que ser adultas a qualquer custo Pois impomos respeito Ás vezes brincadeiras engraçadas Que é do nosso feitio, Mas cada brincadeira tem limite , hora, pessoa e lugar E mesmo assim continuamos a ser importantes Passamos por fases Que é infância, adolescência e adulta Ser Nityama é isso É lutar , é amar, é sofrer pela falange É cair e se levantar para continuar a grande luta E cada vez mais ajudar As irmãs como a si mesma, porque É dando que se recebe E assim sermos e termos o grande espírito de uma NITYAMA.
Dedico este poema a cada Nityama que ama sua falange de coração e que sabe as responsabilidades que ela impõe.
Com carinho, Tila Carolina Bezer…

RECORDAÇÕES DE VIAGENS 05 – PALMAS-TO

Sem dúvidas, visitar o Templo Petanaro, em Palmas-TO, só  posso considerar como um grande reencontro!
Fomos recebidos por nossa “filha” Mylena, que não mediu esforços para que nos sentíssemos de volta ao lar.
O convívio intenso com tantos médiuns, que em sua personalidade se transformaram em queridos amigos e amigas, deixou a certeza de um breve regresso por esta terra às margens de um belíssimo lago, que nos leva a imaginar uma segunda abençoada Brasília.
Poderia ficar citando os nomes de todos, que ficaram marcados na mente, mas não quero correr o risco de nenhum injusto esquecimento. Mas tenho que citar particularmente o encontro com o Mestre Márlio, Adjunto Petanaro... Salve Deus!
Meu irmão, deste e de outros tempos, que tantas lembranças, embora vividas separadamente, foram compartilhadas como se fossem recordações conjuntas. O ânimo, a certeza e segurança da missão assumida, a alegria de ver o povo trabalhando... sentimentos que nesta nova missão, que ora me foi confiada em Cochabam…

RECORDAÇÕES DE VIAGEM – 04

CEARÁ – TEMPLO GAMÚRIO
Uma das experiências mais intensas de nossa viagem foi o encontro com o Povo do Ministro Gamúrio, em Fortaleza, Ceará.
Nossos irmãos, Marco Túlio e Renata, abriram as portas desta Casa do Pai para nossa família e lá vivenciamos momentos de grande emoção.
Ver o livro “O Centurião” sendo reeditado e reproduzido, chegando a todo corpo mediúnico local, instruindo e ao mesmo tempo contribuindo com as obras do Templo, foi a expressão máxima da realização deste pequeno instrumento que sou.
A dedicação do Mestre Iramar, a presteza dos Comandantes, o carinho, aliás, o grande carinho das Falanges Missionárias por nossa família, nos fizeram sentir como se já vivêssemos nesta terra há muito tempo! Não parecia uma visita, parecia um regresso ao lar!
A emoção também foi muito forte ao comandar a Estrela Sublimação, o Julgamento e ainda poder representar o Cavaleiro Dubali no Turigano, recordando o canto de meu pai.
Tenho que afirmar que, de todos os Templos do Amanhecer que conheço…

RECORDAÇÕES DE VIAGEM – 03

OLINDA DO AMANHECER
Nossa passagem pelo Templo de Olinda será eternamente uma lembrança viva na mente e no espírito desta pequena família abençoada pelo Pai, com esta grande oportunidade.
Povo simples, de formação rígida dentro dos princípios doutrinários deixados pelo saudoso Mestre Inácio, relataram com grande entusiasmo a trajetória da cabana de palha ao grandioso Amanhecer que hoje dão continuidade.
Sob os auspícios da Estrela Candente, duramente conquistada e fielmente mantida, vivem a doutrina com intensidade que me fez recordar os tempos vividos no Templo Mãe.
Mestre Zílcio, Adjunto Parlo, equilibrado seguidor de seu pai, mantém a união do povo herdado. Nos recebeu com grande respeito e proporcionou o comando da Estrela Candente e Turigano, onde pude reviver em cada emissão, em cada canto, em cada passagem, as heranças de outrora.
Agradecer é difícil, pois parece tão pouco perto do sentimento de verdadeiro amor que passamos a nutrir, mas... OBRIGADO! Obrigado com toda a vibração que…

RECORDAÇÕES DE VIAGEM – 02

TEMPLO JURUMÊ – SALVADOR-BA
A sabedoria de nosso veterano Mestre Manoel Silva, Adjunto Jurumê, foi um grande ensinamento desta viagem. Sua simplicidade e austeridade amorosa, demonstram claramente que é possível preservar os conceitos originais de nossa Doutrina.
Visitando o Templo de Areia Branca, em Salvador, observei o carinho e a seriedade com que “nossas origens” são resguardadas e o respeito a obra de nossa Mãe Clarividente é preservado.
A oportunidade de estar ao lado deste grande Mestre em um trabalho de Trono Milenar ficará para sempre registrada na memória espiritual.
Também encontrar pessoalmente tantas pessoas que conhecia através do Exílio do Jaguar foi uma experiência intraduzível!
Drika é Jeã (se escreve assim mesmo Jeã), nos receberam reafirmando uma fraterna ligação que já existia deste o início desta pequena jornada. É quase que surreal nos tempos modernos pensar que nos vimos fisicamente pela primeira vez, pois a amizade parecia daquelas cultivadas deste a mais terna inf…

RECORDAÇÕES DE VIAGEM – 01

VILA VELHA
Reviver as lembranças da passagem pelos Templos Olamor (São Conrado e Morada da Barra) é reafirmar minha raiz Aluxã! Passamos o Natal e Ano Novo ao lado deste povo que é uma verdadeira extensão de nossa família!
Fomos acolhidos por nossos irmãos Juliano e Rita Leite em sua residência e desfrutamos deste convívio que nos fez conhecer a verdadeira cumplicidade deste casal, unido no cumprimento da missão que lhes foi confiada. Está marcado em nosso coração, eternamente, o carinho com que fomos recebidos. Além da emoção do “maior Aledá do mundo”.
As celebrações do Natal e da passagem de ano, na casa da família Mairink, nos trouxe as recordações de tantas outras lembranças ao lado de nosso saudoso pai, Mario Kioshi. Ver minha filhinha Isis encontrando uma verdadeira avó em Dona Nair e ligando-se naturalmente ao padrinho Paulo, é algo memorável! Sem falar do igualmente natural sentimento de “parte da família” que nos envolveu...
Mestre Lélio e sua Ninfa Alzinete, que também nos receb…

MEDO

O medo é um instrumento de involução.
A natural insegurança do médium não deve jamais converter-se no medo que evita sua evolução e o devolve à condição de inconsciência de seu real motivo neste plano.
Somos naturalmente inseguros face ao desconhecido e duvidamos com frequência de nossa capacidade, nos sentindo menores, incapazes e sem merecimento para tudo que nos foi confiado. Porém a insegurança será sempre dissolvida pelo conhecimento e pela fé, simbolicamente representados em nossa primeira arma (a fita).
Ciência e fé; sabedoria e cura! Não é preciso debruçar-se sobre o Evangelho, já tão sabiamente traduzido em três palavras. Não será necessário decorar as Cartas da Clarividente, escritas para seu espírito e não para sua mente.
É preciso despertar o conhecimento transcendental, a experiência do espírito de tantas idas e vindas por este plano físico, a memória do Jaguar!
Despertamos quando nos mediunizamos. Despertamos quando partimos ao encontro de nossa Individualidade! O médium pode…

Aniversário de Pai Seta Branca

14 de Fevereiro – Comemora-se o regresso de Pai Seta Branca aos Planos Espirituais (desencarne) após sua exitosa passagem como Cacique de uma tribo tupinambá. Não é a data de seu aniversário natalício, pois nestas tribos não se registrava a data de nascimento.
L  U  Z !
Nesta pequena palavra podemos definir a chegada de Pai Seta Branca para Mamãe.
Sua primeira aparição, na roupagem de um Grande Cacique, foi descrita por uma luz intensa que chegava a ofuscar seus olhos.
Seta Branca acima de tudo Pai, nos trouxe de volta a segurança, a confiança em um futuro melhor . A certeza de estarmos no caminho certo.
Sua voz, segura e tênue. Um sotaque que soava como uma melodia e que sempre se fazia compreendido por nossos corações.
Mamãe, mesmo ainda sem despertar seu conhecimento transcendental, sentiu com sua chegada que realmente estava destinada a uma missão superior. Aquele Espírito emanava luz!
Não apenas a luz que nossos olhos físicos vêem, mas a luz que nossa alma sente, que acalma nossas turb…

Influência Espiritual – 02

Texto enviado pelo Mestre Lua Geraldo Batista (Nova Lima-MG)
A influência dos Mentores sempre se apresenta de forma sutil, porém a intensidade depende do padrão vibratório de cada um. Existem Entidades que nos protegem, nos guardam, velam nosso sono e tentam nos orientar no nosso dia-a-dia, em decisões importantes ou até mesmo nos estendendo a mão quando precisamos de amparo.
Obviamente também nossos irmãozinhos podem tentar interferir em nossas vidas e na sua incompreensão tentam nos prejudicar, esperando que fraquejemos em nossos desígnios kármicos, ou mesmo frente aos compromissos assumidos na oportunidade da encarnação.
Assim se apresentam as influências espirituais. Quando provêm de Entidades de Luz, a influência é sempre útil e positiva, nos faz bem, nos fortalece, ampara e auxilia. Quando a origem é de irmãozinhos ainda não esclarecidos, elas tentam nos levar pelo caminho inverso, onde muitas vezes se apresenta como o “mais fácil”... Salve Deus!
A maioria das influências é impercep…

A vivência doutrinária

“Viver” nossa Doutrina é colocar em prática, no dia a dia, a experiência que adquirimos dentro do Templo.
Recebemos nossos irmãos pacientes, encarnados e desencarnados, desconhecidos, e procuramos dar a eles um bálsamo curativo para suas vidas. Falamos de amor, humildade e tolerância. Explicamos que é necessário perdoar! Perdoar a todos e a si mesmo. Limpamos suas feridas da alma e mostramos um novo caminho. Vivemos nossa Individualidade transcendental. Obviamente somos instrumentos da Espiritualidade e só por ela se opera o milagre da mudança interior.
Mas dentro do Templo, com toda nossa magia ritualística, temos a missão facilitada. Fora do Templo, em nosso dia a dia é que se torna necessário promover a mudança também em nossas personalidades. Precisamos ter a consciência que nosso comportamento deve refletir o quê pregamos. Que chamaremos a atenção não pelo brilho das joias, mas pela Luz de nossos Mentores, que nos acompanham vibracionalmente.
Claro que não é fácil a princípio! Não p…

De volta ao lar

Meus irmãos e minhas irmãs, Salve Deus!
Depois de tantos dias nas estradas do Brasil, finalmente retornamos ao lar em total segurança e reabastecidos para a missão que se descortina neste ano de 2013.
Mais uma vez o encontro com a Espiritualidade muda minha vida! Foram muitas emoções vividas intensamente em cada lugar visitado, em cada sorriso recebido, em cada lágrima compartilhada. Agora entendo o quanto amo e preciso de vocês!
Volto a escrever no Exílio do Jaguar com muitas experiências novas aliadas aos nossos conceitos doutrinários e nossa perspectiva de realização missionária neste plano físico.
Além dos novos textos doutrinários, tenho eu registrar diversos agradecimentos, por isso postarei sempre dois novos artigos, até conseguir concluir esta etapa.
A caixa de e-mails está lotada!!! Mas, como de costume, irei responder um por um, sempre com o mesmo carinho e respeito. Deve demorar um pouco para colocar tudo em dia, mas não me permitirei esquecer ninguém.
Ao lado deste texto de “reto…